Acesso Restrito
Array
(
    [0] => 1
    [i_empresa] => 1
    [1] => 714
    [i_conteudo] => 714
    [2] => 0
    [i_subarea] => 0
    [3] => 2018-09-26
    [dt_conteudo] => 2018-09-26
    [4] => ABCM participa de discussões com a Comissão Econômica Europeia da ONU
    [titulo] => ABCM participa de discussões com a Comissão Econômica Europeia da ONU
    [5] => Lucas Jorge - Assessoria ABCM
    [autor] => Lucas Jorge - Assessoria ABCM
    [6] => Presidente da associação esteve presente nesta quarta-feira (26), nas discussões sobre Sistemas Energéticos Sustentáveis
    [resumo] => Presidente da associação esteve presente nesta quarta-feira (26), nas discussões sobre Sistemas Energéticos Sustentáveis
    [7] => 

O presidente da Associação Brasileira do Carvão Mineral (ABCM), Fernando Luiz Zancan, participou, nesta quarta-feira (26), das discussões acerca dos aspectos da Transição para Sistemas Energéticos Sustentáveis, com a Comissão Econômica Europeia da ONU, em Genebra.

“Se discutiu sobre disrupção, Big Data, digitalização e gerenciamento de recursos naturais energéticos e seus subprodutos, incluindo a econômica circular. Toda a discussão foi focada na transição energética sob o olhar da Agenda 2030 da ONU que busca alinhar o mundo com os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável”, conta Zancan.

Visto que a energia está ligada aos objetivos 6,7,11, 12,13, e 17, a situação do planeta, que usa 80% da energia primária de combustíveis fósseis, também foi discutida. A projeção é que esse cenário continue nas próximas décadas. “Num mundo que busca ao mesmo tempo o baixo carbono, mas que precisa reduzir a miséria, visto que mais de 1 milhão de pessoas não tem energia elétrica e quase 2,5 milhões não tem energia limpa para cozinhar, ficou claro que será necessário um esforço para desenvolver a tecnologia de Captura e Armazenamento de Carbono (CCS) o mais rápido possível”, afirma o presidente da ABCM.

“Ficamos satisfeitos que estamos alinhados com o discurso dos ODS e o que estamos desenvolvendo o projeto de CCS no Centro de Tecnologia da SATC, alinhado com os conceitos de economia circular e voltado a preservação e uso de nosso recurso mineral que é o carvão”, reitera.

Na próxima sexta-feira (28), o presidente da ABCM fará uma apresentação sobre o modelo de Captura e Armazenamento de Carbono desenvolvido no Brasil.

[conteudo] =>

O presidente da Associação Brasileira do Carvão Mineral (ABCM), Fernando Luiz Zancan, participou, nesta quarta-feira (26), das discussões acerca dos aspectos da Transição para Sistemas Energéticos Sustentáveis, com a Comissão Econômica Europeia da ONU, em Genebra.

“Se discutiu sobre disrupção, Big Data, digitalização e gerenciamento de recursos naturais energéticos e seus subprodutos, incluindo a econômica circular. Toda a discussão foi focada na transição energética sob o olhar da Agenda 2030 da ONU que busca alinhar o mundo com os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável”, conta Zancan.

Visto que a energia está ligada aos objetivos 6,7,11, 12,13, e 17, a situação do planeta, que usa 80% da energia primária de combustíveis fósseis, também foi discutida. A projeção é que esse cenário continue nas próximas décadas. “Num mundo que busca ao mesmo tempo o baixo carbono, mas que precisa reduzir a miséria, visto que mais de 1 milhão de pessoas não tem energia elétrica e quase 2,5 milhões não tem energia limpa para cozinhar, ficou claro que será necessário um esforço para desenvolver a tecnologia de Captura e Armazenamento de Carbono (CCS) o mais rápido possível”, afirma o presidente da ABCM.

“Ficamos satisfeitos que estamos alinhados com o discurso dos ODS e o que estamos desenvolvendo o projeto de CCS no Centro de Tecnologia da SATC, alinhado com os conceitos de economia circular e voltado a preservação e uso de nosso recurso mineral que é o carvão”, reitera.

Na próxima sexta-feira (28), o presidente da ABCM fará uma apresentação sobre o modelo de Captura e Armazenamento de Carbono desenvolvido no Brasil.

[8] => [palavra_chave] => [9] => S [publica] => S [10] => 0 [i_usuario] => 0 [11] => 2018-09-26 19:49:54 [dt_sistema] => 2018-09-26 19:49:54 [12] => [foto] => [13] => [capa] => )

ABCM participa de discussões com a Comissão Econômica Europeia da ONU

26/09/2018

Lucas Jorge - Assessoria ABCM

O presidente da Associação Brasileira do Carvão Mineral (ABCM), Fernando Luiz Zancan, participou, nesta quarta-feira (26), das discussões acerca dos aspectos da Transição para Sistemas Energéticos Sustentáveis, com a Comissão Econômica Europeia da ONU, em Genebra.

“Se discutiu sobre disrupção, Big Data, digitalização e gerenciamento de recursos naturais energéticos e seus subprodutos, incluindo a econômica circular. Toda a discussão foi focada na transição energética sob o olhar da Agenda 2030 da ONU que busca alinhar o mundo com os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável”, conta Zancan.

Visto que a energia está ligada aos objetivos 6,7,11, 12,13, e 17, a situação do planeta, que usa 80% da energia primária de combustíveis fósseis, também foi discutida. A projeção é que esse cenário continue nas próximas décadas. “Num mundo que busca ao mesmo tempo o baixo carbono, mas que precisa reduzir a miséria, visto que mais de 1 milhão de pessoas não tem energia elétrica e quase 2,5 milhões não tem energia limpa para cozinhar, ficou claro que será necessário um esforço para desenvolver a tecnologia de Captura e Armazenamento de Carbono (CCS) o mais rápido possível”, afirma o presidente da ABCM.

“Ficamos satisfeitos que estamos alinhados com o discurso dos ODS e o que estamos desenvolvendo o projeto de CCS no Centro de Tecnologia da SATC, alinhado com os conceitos de economia circular e voltado a preservação e uso de nosso recurso mineral que é o carvão”, reitera.

Na próxima sexta-feira (28), o presidente da ABCM fará uma apresentação sobre o modelo de Captura e Armazenamento de Carbono desenvolvido no Brasil.

Rua Pascoal Meller, 73 - Bairro Universitário - CEP 88.805-380 - CP 362 - Criciúma - Santa Catarina
Tel. (48) 3431.8350/Fax: (48) 3431.8351